segunda-feira, 20 de julho de 2009

A farsa do homem na Lua

No final dos anos 60 a NASA anunciou que havia colocado o primeiro homem na Lua. Pura balela, e durante muito tempo houve grande desconfiança de que o grande marco não passou de encenação produzida em solo americano. Hoje em dia, com a tecnologia, foi possível se analisar as fotos feitas na dita expedição lunar e foram comprovadas diversas farsas como equívocos de cenário e iluminação, mas isso nunca foi oficialmente confirmado por falta de provas que a própria agência espacial está fornecendo ao divulgar um novo lançamento para o astro longínquo. Basta analisar os fatos.

Para quem colocou uma expedição na Lua há quarenta anos atrás, com o material e fotos para pesquisas e uma tecnologia muita à frente da disponível na ocasião, é inadmissível que hoje com o conhecimento adquirido na suposta primeira expedição, ela esteja anunciando enviar uma nova até 2020, mais de dez anos além, portanto, levando-se em consideração o tempo de preparação, é inimaginável que o tenham feito se os projetos e preparativos devem ter tomado o dobro do tempo naquela década, então se supõe que teriam se iniciado por volta de 1949, quando as viagens de trem eram feitas em Maria Fumaça.

Ao meu ver, as suspeitas foram comprovadas pela própria agência espacial que não quis ficar atrás dos russos quando eles anunciaram na ocasião o primeiro lançamento de um foguete na órbita do planeta. Como o ditado diz que toda verdade vem à tona, a farsa da superioridade americana foi desmascarada pela própria NASA, ou alguém ainda acredita?

2 comentários:

  1. Olá Andrey, não entendi sua pergunta. Você quer publicar uma crônica no meu blog ou iniciar um seu? Segue o link de onde poderá fazer o seu. http://www.blogger.com/home
    Sobre o que gostaria de escrever?

    ResponderExcluir